domingo, 2 de janeiro de 2011 | By: S.MairoN

Fera

O sussurrar floresce as flores do jardim de feras.

O Bruxo ficou a enfurecer com a sintonia daquele jardim. E Ali, ouviram sussurros de almas que gritaram através de um muro.
As estrelas poderiam simplesmente contemplarem o castelo de longa a distancia, mas dos sussurram... Nada poderiam fazer!

A fera renasce ao entardecer do por do Sol.
Ira atormentar aquelas almas que vagam num jardim De Rosas ?
O dia se  pós mais o sol não se pós está Noite...
Ele estava ali, brilhante e repleto de luzes.
Na beleza de todas as Rosas de um jardim.
Iluminaram todas as almas na Escuridão.
S.M

2 comentários:

clarice disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
clarice disse...

ameii oo seu poema mano *--*
e como se a fera algum dia ela teria que ir embora e o seu jardim poderia em fim florecer denovo, sem medo de que alguem a destrua,pois sempre avera o sol do seu lado para te fazer renacer...

ficou unico ^^

Postar um comentário